quarta-feira, 25 de julho de 2018

Final do Ano

0 comentários

Férias

As férias estão a chegar
Finalmente tempo para descansar

Tempo para passear
Tempo para amigos visitar

Tempo ainda para pensar
O que fazer, no próximo ano escolar

Vamos flexibilizar?
Ou do mesmo modo ficar?

Vamos inovar?
Ou nada mudar?

Vamos as tecnologias usar?
Ou pelo lápis ficar?

Vamos os alunos motivar?
Ou apenas a matéria dar?

Mudar ou não, eis a questão
A resposta está na nossa mão.

 Isabel Moreira

Serão Cultural

0 comentários

Foi com imensa satisfação que mais uma vez, a Biblioteca Escolar da EB Sebastião da Gama realizou o Serão Cultural do 3º período.
Esta atividade decorreu no Teatro Bernardim Ribeiro, no dia 30 de maio, pelas 21h e, como já é hábito, tivemos casa cheia.
Este ano, o Serão foi dedicado à história do nosso país e assim durante aproximadamente 2h, viajamos no tempo: desde D. Afonso Henriques, até à atualidade.
Participaram nesta festa mais de 100 alunos de todos os ciclos, que nos prendaram com excelentes participações.
Mais uma vez os livros e a leitura foram os reis desta festa e mostraram como são importantes qualquer que seja o tema.
Aproveitámos esta festa para agradecer às Voluntárias de Leitura pelo trabalho desenvolvido nas escolas da Mata e do Caldeiro.
No final todos estavam satisfeitos e com vontade de voltar.
Parabéns aos alunos e aos docentes que tão bem os prepararam.













CNL - Distrital e Final

0 comentários

Realizou-se no passado dia 23 de abril, no Alandroal, a fase distrital do concurso Nacional de Leitura.
Nesta fase, o agrupamento participou com 3 alunos: O Ricardo Carinhas, do primeiro ciclo; A Maria Rita Gouveia do segundo ciclo e o Tiago Pinto do terceiro ciclo. Apesar de todos terem dado o seu melhor, só o Ricardo Carinhas conseguiu ficar apurado para a final.
Está de Parabéns a Biblioteca Municipal do Alandroal, pela forma como organizou esta fase!
No dia 10 de junho, realizou-se no cine-teatro de Pombal, a fase final do CNL, onde o agrupamento esteve representado e muito bem, pelo aluno Ricardo Carinhas do primeiro ciclo.
Não vencemos, mas participamos e isso é o mais importante.
Obrigado a todos quanto participaram nesta atividade.



Literacia 3Di

0 comentários


No passado dia 30 de maio, realizou-se no pavilhão do conhecimento, em Lisboa, a final do concurso Literacia 3Di, organizado pela Porto Editora. Dois alunos deste agrupamento conseguiram chegar à final como representantes do distrito de Évora.
Foram eles: Maria Rita Gouveia, do 6º ano, em literacia das ciências e Bernardo Clímaco, do 7º ano, em literacia da leitura.
Não venceram, mas portaram-se muito bem e tiveram um dia muito agradável e cheio de boas surpresas.
Obrigado à Porto Editora pela realização desta atividade.
Para o ano prometemos voltar!





Abril: Mês da Prevenção dos maus tratos

0 comentários


No âmbito do mês Internacional da Prevenção dos Maus Tratos na Infância, a Biblioteca Escolar levou a todas as turmas da educação pré-escolar e do primeiro ciclo, o livro “As mãos não são para bater” de Martine Agassi.
Com a exploração deste livro, a professora bibliotecária, levou os alunos a pensarem, em tudo de bom, que se consegue fazer com as mãos. Depois, pediu-lhes que registassem todas as  ações positivas que iam dizendo e construíssem um cartaz. Esse cartaz  deverá ficar num local bem visível para que todos possam ver .
No dia 30 de abril, e para culminar as atividades relativas a este tema, as escolas do Agrupamento de Escolas de Estremoz, aceitaram o desafio da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens e ao meio dia, todos os alunos, professores, técnicos e auxiliares, construíram  um laço humano, lembrando assim que “Temos que pôr fim, aos maus tratos infantis!.





domingo, 22 de abril de 2018

Drª Elvira Fortunato - comunicação

0 comentários
Inovação como factor de criação e conhecimento

No decorrer da cerimónia pública da RBE, que aconteceu no dia 18 de abril, em Leisboa, todos os presentes foram agraciados com uma  excelente comunicação por parte da Drª Elvira Fortunato.
Esta comunicação não deixou ninguém indiferente e levou-nos a pensar sobre o que realmente esperamos de cada um de nós e dos nossos alunos


Para quem não esteve lá, aqui fica a oportunidade de ouvirem:

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Cerimónia Pública da RBE para Apresentação das escolas selecionadas

0 comentários
Decorreu no dia 18 de abril, no auditório da escola Secundária Eça de Queirós, em Lisboa a cerimónia pública de apresentação das escolas selecionadas no âmbito das candidaturas da RBE 2018 (Integração; Ideias com mérito; Leituras... com a biblioteca; Biblioteca digital) e também as que integram a nova fase do projeto Todos juntos podemos ler.
Estiveram presentes nesta cerimónia muitos Diretores,  professores bibliotecários e outros docentes, representantes de inúmeros agrupamentos/escolas de norte a sul do País.
A sessão de abertura teve a cargo da Diretora do Agrupamento, Drª Maria José Soares, da Coordenadora da Rede de Bibliotecas Escolares, Drª Manuela Pargana Silva, e do Secretário de Estado da Educação. 
Seguidamente, apresentaram as suas comunicações as três oradoras convidadas. Maria Emília Brederode Santos, Presidente do Conselho Nacional de Educação, cujo tema da sua comunicação foi Inovação e Educação; Elvira Fortunato, Vice-reitora da Universidade de Lisboa, abordou o tema  Inovação como fator de criação e conhecimento e por último Filomena Pedroso, professora bibliotecária da Escola Secundária José Falcão, abordou o papel da Biblioteca escolar numa escola em mudança.
A cerimónia terminou em ambiente festivo com a distribuição aos representantes das escolas dos certificados relativos aos projetos distinguidos e apoiados. 
O Agrupamento de Escolas de Estremoz fez-se representar pelo Diretor, professor João José Espadinha e pela professora bibliotecária Isabel Moreira, que receberam dois certificados: um em virtude de se ter conseguido a integração da biblioteca escolar Dr. Marques Crespo  na Rede de Bibliotecas Escolares e o outro por passar a integrar o grupo de agrupamentos/escolas que este ano irão fazer parte do renovado projeto "Todos Juntos Podemos Ler:"
Parabéns a todos quanto tornaram possível esta realidade e bons trabalhos!












sexta-feira, 13 de abril de 2018

Pedro Seromenho vem ao agrupamento

0 comentários
As sessões com o ilustrador Pedro Seromenho foram fenomenais!
Os alunos, desde os mais pequenos até aos mais velhos adoraram e os docentes também!
Foi mesmo  um dia em cheio!
Obrigado Pedro!








No próximo dia 17, o Agrupamento de Escolas de Estremoz recebe o ilustrador/escritor Pedro Seromenho para dar a conhecer a sua obra.
O Pedro irá realizar 4 sessões ao longo do dia, para alunos do primeiro e segundo ciclo:
2 sessões no auditório da EB Sebastião da Gama
1 sessão na EB da Mata
1 sessão na Biblioteca Municipal

Corações Com Coroa Vai à Escola

0 comentários
A Associação Corações com coroa vem ao Agrupamento de Escolas de Estremoz já no próximo dia 27 de abril com o projeto "CCC vai à escola" para realizar uma atividade direcionada aos alunos de 9º ano.
"“CCC vai à Escola” é um projeto artístico-pedagógico validado pela Direcção-Geral de Educação que vem reforçar a importância de alunos e alunas conhecerem os seus direitos.
Dirigido a alunos/as do 9º ano, consiste numa peça de teatro a ser apresentada em contexto de sala de aula, seguido de exercícios pedagógicos com a turma, liderados por uma técnica da CCC. A peça de teatro incide sobre tópicos de trabalho diário da Associação Corações com Coroa e pretende promover a reflexão acerca de questões existentes no quotidiano escolar nomeadamente a violência no namoro, a gravidez adolescente, a contracepção, o bullying e o cyberbullying.
O modelo de intervenção, assim como o conteúdo do projeto, enquadra-se na área temática da Educação para a Cidadania, com particular enfoque na Educação para a Igualdade de Género e para a não-violência. 
Este projecto encontra-se actualmente na sua 2ª temporada, percorrendo 50 escolas de norte a sul do país, e conta com o apoio da Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade."
Retirado do site Corações com coroa
Esta atividade só é possível porque, tal como o Agrupamento de Escolas de Estremoz, também a associação CCC faz parte da  rede  Escolas Solidárias da Fundação EDP

Lanches 100pre saudáveis

0 comentários

Esta é uma história com dois bonecos de barro falantes, a Primavera e o Amor é Cego. Viviam numa linda cidade situada no Alentejo, com o nome de Estremoz.
Ela morava na Pousada Rainha Santa Isabel e o Amor é Cego no Pelourinho. Eram muito amigos, brincavam, passeavam, tinham grandes conversas e lanchavam juntos. Gostavam muito de comer e eram muito gulosos, por isso, nas suas lancheiras levavam sempre muitos doces.
Um dia a Primavera disse ao seu amigo:
- Amor é Cego, estás muito gorducho! – ele entristeceu-se, mas conseguiu responder-lhe:
- Amiga Primavera, também estás muito cheiinha …
Disseram:
- Temos de fazer alguma coisa!
Combinaram que, desse dia em diante, iriam fazer uma corridinha diária, desde o Pelourinho até à Pousada Rainha Santa Isabel e, nas suas lancheiras, levariam só alimentos bons para a saúde.
Perguntou a Primavera:
- Trazes um lanchinho saudável na tua lancheira?
- Sim, tenho uma sande de fiambre e uma banana. E tu ?
- Vou lanchar uma maçã e um pacote de leite branco. Isto é alimentação saudável.
- Com exercício físico diário e uma alimentação equilibrada vamos ficar saudáveis, com mais energia, muita força muscular, maior concentração, melhor disposição e até mais elegantes! - Exclamaram os amigos.
Certa tarde, durante a sua caminhada, pararam para lanchar e apreciar a paisagem deslumbrante da cidade de Estremoz. Foi quando, sob um céu acinzentado adivinharam uma grande tempestade. Muita chuva, que lhe poderia desbotar as tintas, e vento forte, que os levaria pelos ares! …
- Vou ficar encharcada, sem as minhas cores fico pálida e acabarei com o meu barro desfeito numa poça! - gritou a Primavera.
O Amor é Cego tranquilizou-a:
- Calma! Os artesãos estremocenses tiveram muitos cuidados quando nos moldaram, cozeram e pintaram. Por isso, resistiremos a esta chuvada.
Mais tranquila e feliz a Primavera, declarou:
- Tens razão. Há mais de três séculos que os bonecos de Estremoz são feitos com técnicas artesanais, sólidas e não poluentes. Eu estou enfeitada com flores e festejo anualmente a chegada da primavera. E tu, Amor é Cego, mostras o poder do amor. Muitos outros bonecos de barro de Estremoz representam atividades do Alentejo e profissões da vida no campo: o pastor, a lavadeira, o barbeiro, a bordadeira, a matança do porco, a colheita da azeitona…Também se fazem presépios e outras figuras religiosas. A UNESCO classificou-nos Património Cultural e Imaterial da Humanidade. Somos mundialmente famosos e uma tempestadezinha não nos mete medo!
- Vamos a correr para a Pousada da Rainha Santa Isabel, ficaremos perto da Torre de Menagem e lá encontraremos um abrigo. - Concordaram os dois amigos.
 Que bonitos eram os monumentos, que histórias ensinavam …
- Como seria a vida e a saúde das pessoas no reinado de D. Dinis? Como seria a sua alimentação? Será que conseguiam subir as escadinhas com a nossa leveza, agilidade e rapidez? – Interrogava-se o Amor é Cego.
- Não sei! Mas, enquanto subias as escadas, reparei que estás cada vez mais elegante e ágil. O lanche saudável que transportamos nas lancheiras está a dar muito resultado…parece mágico! Evitamos alimentos açucarados e com gordura. Preferimos fruta, leite, pão, legumes e bebemos muita água. É fácil! As nossas lancheiras transportarão 100, mais 100, mais 100 lanches… Lanches 100pre saudáveis!
Moral da história: A aventura destes dois bonecos de barro de Estremoz ajuda-nos a escolher os alimentos saudáveis e a compreender a necessidade de praticar exercício físico para evitar doenças. O conto também realça a recente nomeação dos bonecos de barro de Estremoz a “Património Imaterial da Humanidade”, pela Unesco e, desta maneira, percebemos o valor patrimonial, histórico e cultural da nossa cidade.

Trabalho realizado pelos alunos da Escola Básica do Caldeiro no âmbito do projeto "Lancheiras saudáveis"

 
Template by BloggerThemes